Translate

27 julho 2015

10 Passos para Aprimorar a Segurança e Privacidade na Internet

Hoje em dia, todos nós sabemos que a vigilância é onipresente. As revelações de Snowden desvendaram o grande alcance dos Five Eyes (“Cinco Olhos”), a aliança de agências de inteligência formada pelo Tratado de Segurança entre Reino Unido e EUA que inclui NSA, GCHQ, entre outras.
Mas os recentes vazamentos da empresa italiana de segurança Hacking Team expuseram um lado ainda mais sombrio dessa vigilância. A empresa foi colocada na lista de “inimigos da Internet” pela organização "Repórteres Sem Fronteiras", e os dados vazados confirmam o quão relevante é sua inclusão nessa lista:
Hacking Team: "O Sistema de Controle Remoto ‘DaVinci’ da empresa Hacking Team é capaz, segundo a própria companhia, de quebrar sistemas de criptografia permitindo o monitoramento — por parte de agências de inteligência e forças policiais — de arquivos, e-mails (mesmo que criptografados com PGP), Skype e outros serviços de comunicação que usam Voz sobre IP ou chat. Ele permite identificar a localização do alvo, bem como pessoas que fazem parte de seus círculos de relacionamento. Também permite ativar remotamente câmeras e microfones de computadores em qualquer lugar do mundo. A empresa ainda alega que seu software é capaz de monitorar centenas de milhares de computadores simultaneamente em todo o país” (Meet the Corporate Enemies of the Internet for 2013)
Depois de examinar os arquivos contidos no vazamento e de ter escrito sobre o envolvimento de outros países da Europa com a citada companhia (Irlanda, Reino Unido e França, Suíça, Luxemburgo e Alemanha e Chipre), decidimos reavaliar os mecanismos de segurança para o usuário final e ver o que pode ser feito para deixá-los mais fortes.
Encontramos algumas fontes muito boas e decidimos compartilhá-las com vocês aqui, para vocês poderem acessá-las a partir de um único lugar. Os guias “Surveillance Self-Defense”, da Electronic Frontier Foundation, são um excelente começo.
Tips, Tools and How-tos for Safer Online Communications

1 — Desabilite o Flash
Desabilite o Flash. Agora. Não iremos listar todas as muitas razões porque você tem que fazer isso, mas aqui vão listadas algumas: 1234.
Mozilla se livrou dele recentemente, e de uma vez por todas.

BIG NEWS!! All versions of Flash are blocked by default in Firefox as of now
E saiba que o Chefe de Segurança do Facebook está pedindo seu fim:

video
Veja como desabilitar o Flash em seu navegador:
  • Chrome: Digite o endereço chrome://plugins na barra de endereço. Desça até Adobe Flash Player. Clique em Desabilitar.
  • Safari: Vá para Safari > Preferências. Clique em “Segurança”. Clique em “Ajustes dos Sites”. Clique em “Adobe Flash Player”. Vá até o menu dropdown do item “Quando estiver visitando outros websites” e selecione “bloquear”
  • Firefox: Clique "menu do hambúrguer", no lado superior direito do browser. Clique em “Complementos”. Na coluna da esquerda, clique em “Plugins”. Vá ao menu dropdown próximo a “Shockwave Flash” e selecione “Nunca Ativar”
  • Internet Explorer: Clique no ícone da engrenagem no lado superior direito do browser. Clique em “Opções da Internet”. Clique em “Programas. Clique em “Gerenciar Complementos”. Clique em “Shockwave Flash Object” e em seguida clique em “Desabilitar”, no canto inferior direito da janela.
2 — Troque e revise suas senhas
O especialista do Intercept, Micah Lee, escreveu alguns guias excelentes sobre o assunto. Abaixo você encontra um ótimo artigo sobre como se certificar de que sua senha é realmente segura:


3 — Criptografe seu laptop
especialista em pauta também escreveu um ótimo artigo sobre este assunto. A única sugestão nossa é que, ao invés de utilizar o programa de criptografia TrueCrypt sugerido por ele - já descontinuado -, use o VeraCrypt, seu sucessor:
4— Crie uma VPN
Nós criamos uma VPN usando AWS (nuvem da Amazon), depois de ler esse excelente artigo.

Vantagens de ter um servidor VPN:

  • É simples: mesmo quem não é especialista em tecnologia consegue seguir esse guia tranquilamente. 
  • Rápido: Você só precisa de 10 minutos pra criar um servidor VPN. 
  • Privado: O servidor VPN é dedicado apenas ao seu uso. 
  • Seguro: Criptografado e protegido por senha. E nada fica registrado. 
  • Funciona sob demanda: Você pode iniciar e parar o servidor quando quiser. 
  • Global: Existe pelo menos um servidor VPN em 9 regiões do mundo (incluindo EUA, Japão e Cingapura). 
  • Suporte a Dispositivos: o servidor VPN aceita PPTP e L2TP com IPsec, o que significa que você pode acessar o servidor VPN com seus dispositivos Android, iPhone, iPad, PC, Mac, e a maioria dos roteadores (para acessar Apple TV e Chromecast, por exemplo). 
  • Open Source: o código é aberto, e você pode contribuir para esse projeto
  • *Grátis: usuários novos do Amazon AWS têm um ano de serviço de graça.
5 — Use o TOR
O que é Tor?
Tor é um serviço gerido por voluntários que oferece tanto privacidade quanto anonimato online através do mascaramento da sua identidade e do local de onde você está conectando. O serviço também protege você da própria rede Tor.
Para pessoas que precisam ocasionalmente de anonimato e privacidade na rede, o Browser Tor oferece uma maneira rápida de usar a Rede Tor. O pacote Tor Browser Bundle é a forma mais fácil de usar a Rede Tor, combinando o browser, o software Tor e outros softwares úteis que lhe darão uma forma mais segura de acessar a web (Fonte: EFF). Mais detalhes sobre o Tor, vide nosso artigo sobre a Internet Profunda.
Clique aqui para obter dicas de como usar Tor no Windows; clique aqui para dicas no Mac OS.

6 — Criptografe seus emails usando PGP
Utilizar o PGP é uma forma de impedir que seus e-mails sejam lidos por qualquer pessoa que não seja o destinatário da mensagem. Pode lhe proteger contra empresas, governos ou criminosos usando sua conexão à Internet e, de certa forma, impedir que seu e-mail seja lido caso o computador em que ele está armazenado seja roubado. De fato, o ideal é utilizar a versão Gnu PG.
Para usar PGP para trocar e-mails seguros, você tem que reunir três programas: Gpg4win (GNU Privacy Guard para Windows, conhecido como GnuPG), Mozilla Thunderbird e Enigmail. GnuPG é o programa que realmente cifra e decifra o conteúdo de seus e-mails, Mozilla Thunderbird é um cliente de e-mail que lhe permite ler e escrever e-mails sem o uso de um navegador, e Enigmail é um add-on para o Mozilla Thunderbird que combina tudo junto.
Aprenda a instalar e usar PGP nos ambientes LinuxWindows e OS X



7— Use OTR Messaging
OTR (Off-the-record, na sigla em inglês) é um protocolo que permite ter conversas confidenciais nos sistemas de mensagens que você já usa. Não deve ser confundido com o “Off the record” do Google, que simplesmente desabilita a gravação de conversas, mas não criptografa nem verifica essas conversas.
OTR usa criptografia ponto a ponto. Isso significa que você pode usá-lo combinado a serviços como o Google Hangouts ou o Facebook sem que essas companhias tenham acesso a essas conversas nem ao conteúdo compartilhado nelas (Fonte: EFF).

Aprenda a instalar e usar o OTR no Windows e no OS X
8 — Utilize aplicativos de mensagens que usam criptografia
Este outro guia de Micah Lee também traz informações valiosas sobre como proteger mensagens trocadas no seu celular.
9 — Blinde seu hardware
Se você usa um notebook, é importante que você trave o firmware dele. Se o seu aparelho for roubado ou perdido, ele pode ser iniciado por meio de um HD externo ou um pendrive, e seus dados podem então ser acessados.

Aprenda como travar o firmware no Mac OS X e no Windows

10 — Utilize Anti Malwares e Limpadores
O software Malwarebytes Anti-Malware (em versão gratuita e Premium) pode lhe ajudar a remover adwares e malwares presentes no seu computador, incluindo novas ameaças que os antivírus não conseguem detectar.
Malwarebytes Anti-Malware
O software limpador CCleaner é um utilitário pequeno, eficaz para computadores que executam o Microsoft Windows, que limpa o "lixo" que se acumula ao longo do tempo: arquivos temporários, atalhos quebrados e outros problemas.
Além disto, o CCleaner pode ajudar a proteger a sua privacidade. Ele limpa seu histórico de navegação e arquivos temporários de Internet, permitindo que você se torne um usuário mais confiável e menos suscetível ao roubo de identidade.

2 comentários: